Para Design Mobile, Pense Mobile.

É muito comum quando surge uma nova tecnologia, uma nova plataforma que os meios tentem usufruir o mais rápido possível da mesma. Vimos isso com o surgimento do Rádio, da TV, do Computador, da Internet, Notebooks e agora com os Smartphones e Tablets.

A primeira reação ao querer de alguma forma se comunicar através destes meios, é a tentativa de se adaptar as resoluções, o que nem sempre funciona, não conseguindo se aproximar do target como deveria. A transição na forma de se comunicar deve transcender resoluções, a mobilidade não alterou apenas os formatos, mas toda a estrutura de interação entre pessoas, marcas e produtos. A própria publicidade que é uma área que me interessa muito, começou no meio mobile através de páginas, SMS e banner’s (sim aquele mesmo modelo da web), mas um dos meios mais explorados agora para se divulgar um produto ou marca para este público é o desenvolvimento de aplicações e ou games. A interação se tornou algo essencial.

Para desenvolver interfaces mobile, pense mobile. Pense em seu target e procure responder as perguntas feitas acima, sempre atento as exigências que esta plataforma faz, como por exemplo, uma variedade maior de resoluções, enquanto em equipamentos maiores temos de 1 – 3 resoluções mais usadas, em um ambiente mobile temos muito mais que o dobro deste valor, além disso temos as visualizações verticais e horizontais em um único aparelho.

Preocupe-se com uma navegação que seja simples, que as informações estejam sempre legíveis sem exigir do usuário um esforço físico. Tente sempre explorar contrastes de cores para otimizar a navegação e desenvolver uma interface atrativa, o excesso de imagens torna uma aplicação mais pesada e muitas das vezes pode poluir o espaço reservado a exibição de informação. Esteja a frente das novas tecnologias lançadas e das possibilidades de desenvolvimento de uma nova funcionalidade, temos que acompanhar as inovações.

Se o aplicativo, ou página voltados para mobile vierem de ambiente web ou desktop, procure criar a sensação de associação através da utilização de cores e elementos icônicos. Um material bom para estudar essas questões de migração de um ambiente para o outro, são as revistas digitais (principalmente quanto a questão da diagramação) que agora estão migrando para os principais smartphones e principalmente os tablets.

Iphone x Android Desenvolver interfaces para iphone e android é mais fácil, pois enquanto o iphone tem uma variedade menor de resoluções, o android a partir de sua API 1.6 identifica as resoluções de cada aparelho e aplica os elementos da interface de acordo com cada resolução. Eu pessoalmente gosto muito da forma como o android permite os designer’s trabalharem, é possível desenvolver o layout em xml de forma independente da programação pesada tornando o desenvolvimento muito mais ágil.

Este post foi desenvolvido especialmente para o 2º Circuito sobre Mobilidade Highlan – www.highlan.com.br/mobilidade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s